fbpx

Horto Florestal de Campos do Jordão será reaberto hoje (13/08)

Unidade de Conservação é a quarta contemplada pela retomada gradual, com protocolos e regras específicas alinhados entre o Estado de SP e a prefeitura do município

A Fundação Florestal, vinculada à Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, e a Concessionária Urbanes Empreendimentos, retomam, nesta quinta-feira (13), as visitações no Parque Estadual de Campos do Jordão, mais conhecido como Horto Florestal. Concedido há pouco mais de um ano para a iniciativa privada, a reabertura será em conjunto entre a SIMA e a empresa responsável pela área de uso público do parque. A Unidade de Conservação é a quarta contemplada pela reabertura de parques naturais, e funcionará diariamente com horário reduzido, das 10h às 16h.

A área contempla um importante remanescente da Mata Atlântica, num mosaico composto pela mata de Araucária e Podocarpus, dos Campos de Altitude e de Mata Nebular. Os visitantes, além de toda natureza exuberante, podem desfrutar de um espaço rico em cultura-histórica e praticar atividades de ecoturismo. Vale destacar sua rara fisionomia de floresta ombrófila densa de altitude, restrita às áreas da Serra da Mantiqueira.

Em todos os locais, a limpeza e desinfecção serão intensificadas. O uso de máscara será obrigatório, bem como o distanciamento social. Há totens com álcool em gel 70% em pontos estratégicos. Será feita também a medição da temperatura corporal de todos visitantes e colaboradores do parque, por meio de termômetro digital infravermelho na portaria.

Nos espaços internos como, restaurante, chocolateria e loja de souvenirs, será feito controle de acesso, considerando o distanciamento mínimo entre pessoas, sem que haja aglomerações nos ambientes. A área de uso público possui cartazes e placas informativas sobre os protocolos de higiene e de segurança a serem seguidos.

O Parque Estadual Campos do Jordão será reaberto com melhorias nas estruturas. A ponte principal foi substituída por uma acessível e a passarela de pedestres ganhou um novo guarda-corpo. Além disso, a Serraria do Parque, estrutura criada em 1929 para exploração de madeira da Fazenda da Guarda, está passando por revitalização. Por se tratar de área de patrimônio histórico cultural, a restauração busca preservar seu layout original.

Para mais informações sobre as Unidades de Conservação acesse o site da Fundação Florestal.

Urbanes
Além do Parque Estadual Campos do Jordão, a Urbanes Empreendimentos também é concessionária do Parque Aldeia do Imigrante, em Nova Petrópolis, no estado do Rio Grande do Sul. As atividades no local foram retomadas gradativamente no mês de maio e, por conta disso, recebeu o selo “Turismo Limpo, Seguro e Responsável”, do Ministério do Turismo, que busca minimizar os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual das atividades. A ideia é incentivar os consumidores sentirem mais segurança para viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19.

Fonte: infraestruturameioambiente.sp.gov.br